Paróquia

Santa Rosa de Lima

Notícias da paróquia › 08/01/2019

Mensagem aos dizimistas – Janeiro 2019

Prezados dizimistas,

Que a fé, a paz e a esperança estejam em seu coração neste Novo Ano!

O início de mais um ano é sempre cheio de expectativas, afinal, o tempo é um importante aspecto para a organização da nossa vida, e, com o volume de ocupações da atualidade, está cada vez mais difícil administrá-lo.

Diante das metas estabelecidas para este ano que está apenas começando, quero fazer uma sugestão: a de que você possa incluir em seus projetos pessoais a intenção de aprofundar sua espiritualidade. Para tanto, não existe uma única maneira, mas sim várias.

Pode-se começar, por exemplo, adotando um dia por semana para uma oração mais elaborada, demorada, espontânea, como o diálogo que se tem com alguém muito querido e importante para nós. Esse tempo de oração não precisa ser muito longo, cada pessoa fará sua própria avaliação, de acordo com sua situação (trabalho, afazeres, etc), mas é importante estipular com calma para poder iniciar uma prática de oração organizada e, ainda que ocorram esquecimentos ou empecilhos, evite a interrupção do propósito.

A ideia é que o tempo dedicado à oração seja mais qualitativo e também quantitativo, sendo a qualidade aqui mais importante do que a quantidade.

Outra dica é assumir algum compromisso relacionado à fraternidade, ou seja, dispor-se a uma ajuda diferente daquelas que já são realizadas. É fundamental dedicar-se a algo em função da necessidade de alguma pessoa ou grupo. Outra maneira de crescer na espiritualidade é ajudar aqueles que estão passando por uma situação difícil a um encontro pessoal com Cristo, esse encontro proporcionará as forças necessárias para o enfrentamento do problema. Quem sabe, escolher uma pessoa que está afastada da fé cristã e adotá-la nas suas orações e com delicados convites para que venha aproxime-se mais da fé cristã e o encontro fraterno na Celebração Eucarística.

Essas ideias são apenas algumas entre tantas outras que podemos ter, o fundamental é que cada um de nós, à medida que o tempo passa, deve intensificar a prática religiosa e para isso é ter necessário ter a oração entre as metas de vida.

O que reforço neste início de ano é que possamos estar mais voltados para a espiritualidade, de modo que ela se torne mais dinâmica, crescente e com frutos abundantes na nossa vida, ao ponto de se refletir na vida daqueles que nos cercam. Essas “pequenas coisas”, na verdade, enriquecem a vivência da fé cristã e tornam-se uma colaboração na santificação de todos, que neste ano de 2019 os cristãos se esforcem mais para que a LUZ DE CRISTO brilhe no mundo por meio do testemunho de cada um, em todos os lugares.

Pe. Sergio Lucas e Pastoral do Dízimo

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *