Paróquia

Santa Rosa de Lima

Mensagem do pároco › 30/01/2018

Palavra Amiga – Fevereiro

Prezados paroquianos, que a graça e a paz de Deus, que é nosso Pai, estejam sempre no coração de todos vocês!

No próximo dia 14 iniciaremos o Tempo da Quaresma com a celebração da Quarta-Feira de Cinzas. No dinamismo da nossa fé cristã católica, o tempo quaresmal intensifica o convite à conversão. Na Liturgia das Horas encontramos um hino composto de palavras dirigidas a Cristo que nos conduzem a uma profunda e rica reflexão: “Dai-nos no tempo favorável, um coração penitente, que se converta e acolha o vosso amor paciente. A penitência transforma tudo em nós que há de mal. É bem maior que o pecado o vosso dom sem igual”. Encontramos nesse hino um brevíssimo resumo do que deve ser a Quaresma para nós.

Esses quarenta dias que antecedem a celebração da Páscoa do Senhor Jesus são liturgicamente organizados de forma que adentramos mais e mais nos mistérios da nossa fé. À medida que os dias passam, os exercícios espirituais da Quaresma intensificam nossa espiritualidade. Aos poucos adquirimos mais consciência das nossas fraquezas, limitações, falhas. Ao se aproximar a celebração da Páscoa do Senhor, percebemos que estamos prontos para uma restauradora confissão e, mediante o sincero arrependimento e a reta intenção, recebemos a graça do perdão. Restaurados espiritualmente, nossa alegria cresce com a vitória de Cristo Jesus sobre o pecado e a morte. O júbilo toma conta do nosso coração e seguimos nossa caminhada anunciando a ressureição do Senhor.

Além do convite a refletir sobre o pecado no âmbito pessoal e comunitário, no Brasil o Tempo da Quaresma é enriquecido pela Campanha de Fraternidade (CF), que sempre coloca em evidência um aspecto do pecado social a ser combatido. Neste ano, com o tema “Fraternidade e Superação da Violência”, a Igreja convoca os fiéis a refletirem sobre a grave e crescente situação de violência em que vivemos. O objetivo da CF é refletir sobre a construção da fraternidade, promoção de uma cultura de paz, de reconciliação e de justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho para superação da violência. A CF é uma voz profética no meio da sociedade que precisa ouvir a voz de Deus, por isso é importante que todos nós procuremos conhecer e viver a CF, como propõe a Igreja no Tempo da Quaresma. Que o Espírito do Senhor nos ajude a aproveitar da melhor forma esse tempo precioso de renovação espiritual.

Pe. Sergio Lucas

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *