Paróquia

Santa Rosa de Lima

Mensagem ao Dizimista

bandeira-do-brasilPrezados irmão e irmã dizimista,

Que a esperança e a paz estejam sempre em seu coração

Vivemos um momento muito especial da situação social no Brasil, o que afeta de formas variadas a vida de todos nós. Faltam-nos referências sólidas que inspirem confiança e esperança verdadeiras. Enxergamos, por meio de informações confusas, acontecimentos que comprometem a estabilidade social e econômica, o que nos afeta também no aspecto psicológico, pois muitas vezes somos invadidos pela ansiedade, desânimo e incerteza. Penso que diante dessa situação é necessário redobrar a atenção, evitar excessos, controlar mais os impulsos e tentar agir com calma e discernimento. Sei, ao mesmo tempo, que essas qualidades necessárias ao enfrentamento da situação não são tão fáceis de serem vividas. É nesse sentido que lembro a importância da fé.

Ao falar da fé no enfrentamento de uma situação difícil, evitemos o equívoco de assumir uma postura passiva, estática, na qual toda a ação fica delegada a Deus. A fé nos capacita para ação, algumas vezes é preciso reagir com mais rapidez, tomar atitudes e lançar-se na missão. Outras vezes, é preciso recuar um pouco, observar e manter-se vigilante na oração. Trata-se de uma quietude confiante, escutar o que o Senhor nos inspira, agir com cautela, equilibrar os pensamento, palavras e ações. Reconhecer a necessidade da luz de Deus diante do desafio, é reconhecer as próprias limitações. Afinal, a vida continua, nossos compromissos continuam, nossas necessidades também. Há coisas que podem ser adiadas, suspensas temporariamente; há outras que não param, apenas precisam de um esforço adaptativo. Num momento de crise não podemos fazer de conta de que está tudo bem, mas também não devemos paralisar a vida. A fé suscita a esperança e a fortalece.

A Palavra de Deus é repleta de ensinamentos sobre isso. Talvez nos ajudem essas palavras do Livro do Apocalipse: “Vi um novo céu e uma nova terra (…) não haverá mais luto, choro, nem dor, porque passou o que havia antes. Aquele que está sentando no trono disse: ‘Eis que faço novas todas as coisas’”.

Uno minhas orações às suas, na certeza de que Deus está conosco, na alegria e na tristeza, na súplica e no louvor, todos os dias de nossas vidas.

Pe. Sérgio Lucas
Pastoral do Amor (Dízimo)

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *